Monte Verde paralisa turismo e comércio com adesão à onda roxa

0
443

Distrito de Camanducaia vai restringir a entrada de pessoas, com fiscalização da Vigilância Sanitária e Polícia Militar no portal de entrada

Monte Verde vai restringir a entrada de pessoas, com fiscalização no portal de entrada(foto: MOVE/Divulgação )

Camanducaia aderiu à onda roxa, fase mais restritiva do Minas Consciente, que permite apenas o funcionamento de atividades essenciais. Com isso, Monte Verde vai paralisar o turismo e comércio a partir desta quarta-feira (17/3). A informação foi confirmada pela presidente da Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região (MOVE), Rebecca Wagner.

“Quando a gente recebe uma orientação do governo de fechamento do estado todo, é um pouco triste, porque a gente vem trabalhando desde então de uma forma segura, e provando que a gente pode ficar aberto. Mas ao mesmo tempo a gente entende que é um momento muito delicado. Acho que estamos no pior momento da pandemia e da contaminação, chegamos realmente ao caos”, destaca a presidente da MOVE.

Segundo Rebecca Wagner, a partir desta quarta-feira, todo o comércio, hotelaria, atrativos e agências de passeio serão fechados. Além disso, ela afirma que haverá fiscalização da Vigilância Sanitária, em parceria com a Polícia Militar, no portal de entrada de Monte Verde – a fim de restringir a entrada de pessoas.

“Essa tomada de decisão do governo veio também com o apoio da polícia, que é importante para que seja realmente efetivo, não seja paliativo. A gente realmente precisa que a população entenda que é o momento de ficar em casa, porque senão vamos ficar nessa onda até não sei quando, até a vacina chegar”, afirma.

(Gabriella Starneck/Especial para o EM) 

Origem: Monte Verde paralisa turismo e comércio com adesão à onda roxa – Gerais – Estado de Minas