Mais ar polar para o Sudeste

0
762

Os cobertores e edredons ainda estão sendo plenamente usados em várias áreas da Região Sudeste neste início de primavera por causa das noites frias.

A madrugada desta quarta-feira, 28, foi menos fria do que nos últimos três dias na maioria das áreas da Região Sudeste. A recente queda da temperatura sobre o Espírito Santo e sobre o norte e nordeste de Minas Gerais até agradou, pois estas áreas estavam muito quentes. A chuva e o ar polar de uma frente fria aliviaram o calor nestas áreas nos últimos dias. Mas de forma geral, as baixas temperaturas estão incomodando muita gente.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou nesta quarta-feira 5,0°C em Monte Verde, no Sul de Minas Gerais, a menor temperatura no Sudeste e em Minas Gerais. Em São Paulo, a menor temperatura foi de 5,8°C em Campos do Jordão. No Rio de Janeiro, o local mais frio foi a região de Salinas, em Nova Friburgo, onde a temperatura mínima foi de 11,6°C. No Espírito Santo, a região mais fria foi a de Santa Teresa que teve mínima de 12,5°C.

 

 

 

Friozinho continua

As noites e o começo de manhã frios ainda vão ser motivo de reclamação pelo menos nos primeiros dez dias de outubro. A previsão é que grandes massas ar frio polar predominem sobre a costa do Sul e do Sudeste do Brasil. Os ventos moderados marítimos destas massas polares vão manter a injeção de ar frio do mar para o continente. Embora não haja expectativa de frio intenso , recordes anuais e nem geada, a presença constante do ar polar vai influenciar a temperatura e dificultar um maior aquecimento da atmosfera.

A influência do ar polar será mais sentida à noite e no começo da manhã. As tardes ficam até quentes em muitos dias. Mas as regiões próximas ao mar como o leste de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo, o estado do Rio de Janeiro, Sul de Minas e a Zona da Mata Mineira e o Espírito Santo ainda poderão conviver com temperaturas amenas também à tarde por causa da combinação do ar polar com o excesso de nuvens que diminui a quantidade de sol.

Fonte: Mais ar polar para o Sudeste – Categoria – Notícias Climatempo